sábado, 9 de fevereiro de 2013

LITERATURA E CINEMA



Olá queridos leitores de alma viva, hoje sábado de carnaval, é a vez do diretor, roteirista e editor Marcley de Aquino mostrar sua sequência de quadros baseado no conto Céu Limpo do escritor cearense Eduardo Campos.

Marcley é um jovem e simpático rapaz que adora uma boa conversa sobre arte. Formado em Letras, especialista em investigação literária e mestre em letras (tá aí uma boa razão para ele adaptar um conto para o cinema) é também Membro da Associação Cearense de Cinema e Vídeo – ACCV e curador do FestFilmes.

O curta é o primeiro trabalho de ficção do Marcley em pareceria com seu amigo de longa data, Duarte Dias. Produzido pela Areal Filmes a ficção mostra o drama de Leôcio e Chica, um casal do sertão que se vê obrigado a se inserir  em  uma realidade urbana.  

Durante nossa conversa, Marcley mostrou o seu lado “ativista” sobre o respeito com as pessoas que utilizam a arte como um meio de vida. Além do cinema ele também escreve textos poéticos e diz que sua afinidade nas artes visuais está no processo de montagem, pois sente uma semelhança entre as imagens e as palavras, no processo de estruturação das cenas.

“Quero arte como profissão” – Marcley Aquino

Sobre o filme:

A escolha dos atores foi uma das surpresas que o filme teve. Durante uma oficina de atores em uma academia de teatro de Fortaleza, Marcley e Duarte Dias aproveitaram a ocasião para dar uma sondada e ver se conseguiam algum ator que se encaixasse no perfil do personagem. Foi aí que eles conheceram a dupla que protagoniza o filme, separadamente, sendo que os dois na verdade são casados, o que deu mais sintonia no filme.

Outra curiosidade foi a presença do cachorro nas cenas. Quando a equipe chegou a casa onde se passa a história, descobriram que a família que morava lá criva um cachorro, mas muito valente. O cachorro acabou entrando no filme, assim como no conto, e em meio as gravações o protagonista da história acabou conseguindo amansar o bixo, algo de extrema relevância para a sintonia dos dois na cena final do filme.


Considerado um “conto moderno” pelo diretor, o curta foi exibido em diversos Festivais além de ficar entre os 10 indicados a categoria de Melhor Curta Ficção
Do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro.


Festivais: 2009 - 6º CINE FEST VOTORANTIM – Votorantim/SP
2009 - 1º CURTA NEBLINA – Festival Latino Americano de Curtas de Paranapiacaba/SP:
PRÊMIOS DE MELHOR FILME, FOTOGRAFIA DIGITAL, ATOR (Démick Lopes) E ATRIZ (Samya de Lavor)
2009 - 17° FESTIVAL DE VÍDEO DE TERESINA
            PRÊMIO DE 2º COLOCADO NA CATEGORIA FICÇÃO
2010 - 3º IGUACINE – Festival de Cinema de Nova Iguaçu/RJ
2010 - 1º Festival de Cinema Curta Amazônia – Mostra Só Curtas – Porto Velho/RO
2010 - 7º FESTIVAL DE CINEMA DE MARINGÁ/PR
PRÊMIO DE MELHOR ATRIZ (Samya de Lavor)
2010 - 1º CINEAMOR – Festival de Cinema de Nova Friburgo/RJ
PRÊMIO DE MELHOR FILME
2010 - 5ª MOSTRA CINETRABALHO – Mostra Competitiva de Curtas Metragens – Marília/SP
2010 - 1º FESTIVAL DE JERICOACOARA - Cinema Digital/CE
            PRÊMIO DE MELHOR CURTA do eixo Ceará, Piauí e Maranhão
2010 - CINESUL 2010 - 17° Festival Ibero-Americano de Cinema e Vídeo – Rio de Janeiro/RJ
2010 - 33º FESTIVAL GUARNICÊ DE CINEMA - São Luís/MA
PRÊMIO DE MELHOR ROTEIRO EM VÍDEO
2010 – 6ª Mostra Produção Independente – Vitória/ES.
2010 – 9ª MOSTRA AUDIOVISUAL FAZENDO GÊNERO – Florianópolis/SC
2010 – 4º FESTIVAL DE CINEMA NA FLORESTA – Alta Floresta/MT
2010 – 1ª Mostra Nacional Curta Sertão – Floresta/PE
2010 – 3º ENTRETODOS – Festival de Curtas de Direitos Humanos – São Paulo/SP
2010 – 5ª MOSTRA MIRAGEM – Mostra de Cinema e Vídeo de Miracema/TO
2011 – 1º FESTIVAL CINECIPÓ - Festival de Cinema Socioambiental da Serra do Cipó/MG
2011 – MOSTRA DE CINEMA TEMÁTICO - CENÁRIO SOCIOAMBIENTAL – UFRJ - Macaé/RJ
2011 – 7ª MOSTRA DO CURTA NORDESTINO - FESTNATAL – Natal/RN
2012 - Mostra CEARÁ XXI - FESTFILMES - Maranguape/CE

CÉU LIMPO ficou entre os 10 indicados para concorrer ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2011 - Categoria Ficção






Um comentário:

  1. Me conquistou, vou ver...faz tempo que não plugo um curta na TV

    ResponderExcluir